Vaaaaaamo lá!

Como já vimos no primeiro post dessa série, desenvolvedores front-end são ilusionistas aqueles que pegam uma idéia e transformam em um site ou aplicação web, e se 2019 é o ano no qual você quer conseguir seu primeiro emprego nessa área, continua lendo aí ;)

Desenvolvimento é uma área muito aquecida no Brasil, e uma das vertentes com mais procura de profissionais é para desenvolvimento front-end.E se você tá aqui lendo isso, é possível que já sabe uma coisa ou outra sobre isso, já flertou com a idéia de ser um desenvolvedor front-end, ou tá na faculdade e essa é uma das opções, ou até mesmo quer largar seu emprego de domador de unicórnios para se tornar um dev.Independente de qual é sua situação, a gente tá aqui pra tentar te dar uma esclarecida no que você precisa pra descolar aquele primeiro emprego bacanudo, então não vamos ficar de mimimi e falar sobre o que importa.

  • Coisas que preciso aprender

Para iniciar essa lista enorme de coisas que você precisa aprender, vamos começar pela santíssima trindade do desenvolvimento web:

É isso mesmo que vocẽ talvez esteja pensando: HTML, CSS e JavaScript (não, javascript e java não são a mesma coisa).

Provavelmente essas são as tecnologias que você mais irá usar no seu dia-a-dia, um rápido overview sobre cada uma:

  • HTML: linguagem de marcação utilizada na estruturação das páginas web
  • CSS: usado para embonitar estilizar suas páginas
  • Javascript: usado para animações, comportamentos, ações, etc..

Há ótimos livros, vídeos e cursos por aí nesses assuntos, mas por enquanto foca no básico e treina muito isso que tá aprendendo. A maioria dos livros/cursos/videos/papiros sobre esses assuntos possuem vários exemplos e exercícios no final de cada capítulo, faça-os!

Se vocês quiserem dicas de livros, videos, podcasts, envia uma mensagem pra nós escrito “Boomers FTW”...brincadeira, é só acompanhar nosso instagram que iremos postar lá.

Agora você já manja um pouco de HTML, CSS e Javascript. Mas quase nunca nem sempre nessa vida de digitador programador você vai ter tempo pra fazer tudo do zero (até mesmo porque muitas vezes seria burrice não aproveitar o que já ta pronto).

É hora de utilizarmos algum framework CSS. que possui componentes, estilos, animações, entre outras coisas, pronto pra você utilizar.

O mais comum de vermos por aí é o Bootstrap, ele é simples, é quase bonito, e é uma mão na roda...ou no teclado...enfim, vocẽ entendeu.

Pronto! Agora você já sabe algo que te renda um empreguinho, mas vamos continuar porque não queremos empreguinho u_u

Vamos melhorar um pouquinho suas habilidades com CSS e facilitar um pouco a sua vida, utilizando pré-processadores de CSS.

Vamos melhorar um pouquinho suas habilidades com CSS e facilitar um pouco a sua vida, utilizando pré-processadores de CSS.

Uma boa opção para começar é o SASS fikdik, que irá estender as capacidades das suas folhas de estilo, te deixando utilizar variáveis, imports, herança, e por aí vai. Vale a pena conferir.

Gerenciadores de pacote e ferramentas de build são bem legais e vão ser cada vez mais importantes conforme você for avançando, aqui na Boomers nós preferimos NPM, WebPack, entre outros, então vale a pena usar algum tempo estudando para que servem, quando utilizar, alternativas, e óbvio, testar muito!

Agora é hora de escolher um framework que nos ajude na criação de interfaces e aplicações. As opções são muitas, mas decidimos escolher uma opção robusta e que vai ser uma boa escolha para conseguir um emprego: React + Redux.

Isso é só o começo, ainda tem zilhões de coisas pela frente, mas o que você aprendeu até aqui já é o suficiente pra te arranjar um bom emprego.

Vale lembrar que essas opções são ótimas escolhas tanto para empregos aqui no Brasil, quanto para outros países.

Todas essas tecnologias, assim como outras opções podem ser vistas nesse diagrama feito pelo Kamran Ahmed

Dica: IMPRIME E COLA NA PAREDE @_@

“Boomer, preciso aprender todas essas coisas pra poder começar a procurar um emprego?”

Nããão, você não precisa saber tudo pra conseguir um emprego, muita coisa você vai aprender no próprio emprego, e inclusive descobrir coisas que podem nem estar nessa lista, então não fica esperando “chegar a determinado nível” para ir atrás de emprego! (mas fica longe dos que pedem um estagiário sênior, sério…)

Se vocês se comportarem, fazemos um post sobre como procurar empregos na área de tecnologia.

Qualquer dúvida, sugestão, crítica ou dinheiro, manda pra gente ;)

Nosso próximo post vai falar sobre as paradinhas tecnologias de desenvolvimento backend, então segue a gente lá no instagram @boomersoficial para saber assim que sair o próximo post.